Boletim nº 45 - 25 de Julho de 2021

o processo de revitalização da Igreja

por Rev. Renato Souza Prates

Pessoas na igreja

            Vários estudiosos têm constatado que de modo semelhante ao que acontece no universo biológico a igreja tem um ciclo de vida. A formação de uma congregação local é, geralmente, marcada por vigor e alegria, especialmente à medida que se observa pessoas sendo alcançadas pelo poder do evangelho. Com o passar do tempo, porém, a vitalidade inicial da congregação pode sofrer contratempos e entrar em declínio devido a vários fatores, sejam eles espirituais, culturais, doutrinários, relacionais e outros.

            A este respeito Charles Swindoll observa que: "as organizações tendem a perder a vitalidade ao invés de ganhá-la à medida que o tempo passa". Nem mesmo as igrejas mais saudáveis estão isentas deste declínio. Por exemplo, um estudo sobre a Igreja de Éfeso revela que a mesma perdeu vitalidade ao longo dos anos, e este estudo, deveria ser suficiente para nos convencer quanto ao fato de que a congregação que começa bem, revelando altos índices de vitalidade, nem sempre mantém essa vitalidade com o passar dos anos (cf. At 19-20; 1Tm 1 e Ap 2.1-7).  O mesmo problema ocorreu com as igrejas da Ásia, cujos relatos estão nos primeiros capítulos de Apocalipse. (Ap 1-3). Existem alguns fatores bíblicos que podem promover a revitalização de uma igreja, tais como:

            A Liderança: Sem dúvida, Deus sempre usou homens como Neemias, Esdras, Pedro, Paulo e tantos outros na história da igreja para revitalizá-la. Durante o período da Reforma Protestante, Deus usou homens como instrumentos de revitalização, tais como Lutero e Calvino, para trazerem a igreja de volta ao seu caminho.

            A Palavra de Deus: Outro fator determinante para a revitalização da igreja é a importância da Palavra de Deus, que deve ser corretamente ensinada para educar o povo de Deus em justiça e corrigir possíveis desvios teológicos. O retorno aos princípios fundamentais da Palavra de Deus foi uma das bandeiras da Reforma Protestante.

            A Oração: Ao longo da história, Deus tem agido na revitalização de Sua igreja através da oração. Importantes comunidades como a igreja primitiva (Atos 2.42) e tantas outras tinham fervorosa vida de oração comunitária e individual. A oração tem o poder de ascender a chama que um dia se ascendeu no coração da igreja. Sem oração o vigor da igreja se esvai e ela enfraquece.

            Discipulado: O acompanhamento sistemático dos novos crentes através de aconselhamentos, visitas e treinamento tem sido um instrumento decisivo no processo de revitalização de uma igreja, já que o rol de membros também deve ser renovado, novos dons e talentos usados, novos ministérios criados.

            Por fim, é preciso ter perseverança e paciência para experimentar resultados consistentes num processo de revitalização da igreja. Alguns estudiosos sugerem um período não inferior a 10 anos para enxergarmos os frutos deste processo. Contudo, acreditamos que Deus é o Senhor do tempo e que Ele pode nos surpreender com frutos de revitalização, muito mais cedo do que esperamos!

Cristo e a Igreja - Romeu Bornelli - Estudo 4Quarta Palavra
00:00 / 1:19:47

Aos domingos, as mensagens são diferentes, selecionadas de outras fontes. Hoje, o quarto estudo de uma série de seis estudos de Romeu Bornelli ensinando sobre Cristo e a Igreja.

Pedidos de Oração

​​​

Pelo fim da pandemia.

Pela chegada do Rev. Renato e Juliana.

Pelo Conselho.

Pela Junta Diaconal.

Pelos Ministérios da Igreja.

Pelos enfermos.

Pelos desempregados.

Pelas Missões.

Pela cidade de Macaé.

Pelo Estado do Rio.

Pelo Brasil.

Pelos afastados do Evangelho.

Pelos novos crentes.

Pelos perdidos.

Renião de Oração

Toda Sexta-feira, 6:00 h

Responsáveis:

Presb. Anderson

Cláudia

Lucília

07/07 Antonella Maciel de Souza Lucas

10/07 Gustavo Silva

15/07 Acima de Barcelos Silva

16/07 Carine de Araujo Lima Barcelos

17/07 Dulcinea Ribeiro da Cruz

17/07 Bernardo Mendes de Oliveira Cruz

17/07 Eric Ribeiro Barreto

23/07 Teo Medeiros Armond

O pastor está atendendo no gabinete pastoral na Sede Administrativa e também está disponível para aconselhamentos e reuniões em geral pelo telefone e internet.

Se você tem alguma necessidade específica procure o pastor da igreja para ser atendido adequadamente. Você pode fazer isto pessoalmente ou através do telefone: (22) 98142-4006.

Por enquanto, as visitações nos lares estão suspensas, por conta da pandemia. Entre em contato e seja pastoreado amorosamente!

Clique no título para conhecer a agenda pastoral.

Toda nossa programação, escala da equipe pastoral, novos eventos você encontrará no Menu > Agenda e Eventos.

Ao selecionar um evento, você verá na descrição as informações referentes.

Experimente agora! Clique no botão acima.

Dados Bancários :

Quarta Igreja Presbiteriana de Macaé.

CNPJ: 16.701.498/0001-50. 

Banco Itaú (341).

Agência: 0941.

Conta-Corrente: 19.643-8.

Chave PIX: 16701498000150

Envio de comprovantes ou assuntos administrativos, entre em contato.