Boletim nº 57 - 07 de Novembro de 2021

CURA PARA A ALMA - PARTE 03
O CONTROLE DA MENTE PARA A CURA DA ALMA - FILIPENSE
S 4.8-9​

por Rev. Renato Souza Prates

pexels-norma-mortenson-7301954_edited.jpg

INTRODUÇÃO

            Nosso texto hoje será Filipenses, capítulo 4, cobrindo os versículos 8 e 9. Mas antes de entrarmos nisso, quero lembrá-los de uma verdade simples que você aprendeu quando criança: "você é o que você come". Se você se alimentar de maneira saudável, com uma dieta bem equilibrada, é provável que seja saudável. Mas, se você encher seu corpo com junk food, como batata frita, cupcakes e doces, seu corpo não obterá os nutrientes apropriados de que necessita. Doenças e fraquezas podem vir sobre você.

            Lembro que há poucos dias estávamos ensinando nossa sobrinha Malu de 6 anos a comer legumes. A Juliana cortava os legumes bem pequenos para ver se ela experimentava e eu dava um sermão sobre como aquilo seria bom para ela, mas parece que a tática não adiantou muito, mas não desistimos de ensinar ainda.

            Agora, o que é verdade no reino físico também é verdade no reino espiritual. Mas, em vez de comer, o reino espiritual tem a ver com pensar. Aqui está: você é o que pensa. Se você tem controle sobre os seus pensamentos, é provável que tenha uma vida saudável. Mas, se você preencher sua mente com lixo, como entretenimento ruim, leitura tóxica e filmes inúteis - seu espírito não será fortalecido no homem interior. O pecado e o mal irão facilmente alcançá-lo.

            Em nenhum lugar isso é mais claro do que em Romanos 8: 6: "Porque o pendor da carne dá para morte, mas o do Espírito, para vida e paz."

            A nossa mente é algo extraordinário e é mais potente do que qualquer computador já inventado. Por exemplo, São necessários 82.944 processadores e 40 minutos para um supercomputador simular um único segundo de atividade cerebral humana.

            A mente humana tem cerca de 70 mil pensamentos por dia e nós somos submetidos a pelo menos 5 mil ads ou propagandas virtuais por dia.

            Portanto, o controle da mente é algo extremamente desafiador para todos nós!

            Gostaria de te convidar a fazer uma experiência mental comigo agora: Gostaria que fechasse seus olhos e respirasse profundamente. Em seguida, sem abrir os olhos gostaria que imaginasse que você está caminhando por um pomar de limões. Então, você resolve parar diante de uma árvore de limões e devagar vai retirar um deles bem grande e verdinho. Você vai levá-lo até o seu nariz e vai cheirá-lo profundamente. Em seguida, com a ajuda de uma faca você vai cortar o limão em duas bandas e vai morder o limão. Quantos puderam sentir o gosto do limão?

            A nossa mente é capaz de acreditar em tudo o que dissermos para ela! Como dissemos, ela é um grande computador, que registra toda a informação que chega até ele. Por isto, é importante ocupar a nossa mente com informações saudáveis e edificantes!

            Como o Filósofo Renê Descartes declarou: Penso, logo existo! Você é o que você pensa!

            Em Filipenses 4.8-9 nós veremos que o controle da mente ou dos nossos pensamentos pode trazer cura para a nossa alma.

EXPLICAÇÃO

            Se você se lembra, o livro de Filipenses é uma "nota de agradecimento". Por exemplo, no versículo 10, Paulo abordará o presente financeiro que foi enviado a ele pelos filipenses, estando ele na prisão.

            Epafrodito trouxe o presente a Paulo (versículo 18). E com esta carta, Paulo expressou sua alegria aquela igreja.

            Mas, antes de chegar a isso, ele primeiro precisa encerrar esta pequena seção de orientações a igreja, que começou no versículo 1 do capítulo 4. Do versículo 1 ao versículo 6 temos 6 orientações.

 

            Versículo 1 - Permaneçam firme.

            Verso 2 - Vivam em harmonia.

            Versículo 3 - Alegrem-se.

            Versículo 4 - Sejam moderados (gentis)

            Versículo 5 - Não andes ansiosos

            Versículo 6 - Orem.

            No versículo 7 temos o resultado destas ações: a PAZ DE DEUS, que vai se repetir no versículo 9, depois de uma orientação sobre O QUE PENSAR, no versículo 8.

            Em suma, as orientações nos versículos 1 a 6 tem a ver com as NOSSAS AÇÕES. As orientações descritas no versículo 8 tem a ver com o NOSSO PENSAR!

            Aquilo que pensamos tem muito a ver com nossa saúde emocional.

            É por isso que Salomão advertiu: "Guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida" (Provérbios 4:23).

            É por isso que Jesus disse: "O que procede do homem é o que o contamina. Pois de dentro, do coração dos homens, procedem os maus pensamentos, fornicações, roubos, homicídios, adultérios, atos de cobiça e maldade , assim como o engano, a sensualidade, a inveja, a calúnia, o orgulho e a tolice. Todas essas coisas más procedem de dentro e contaminam o homem "(Marcos 7: 20-23).

            Nosso pecado começa dentro de nós, com nossos pensamentos e intenções. E então, prossegue para nossas ações.

            Simplificando, Para termos uma alma saudável, precisamos controlar a nossa mente:

O CONTROLE DA MENTE PARA A CURA DA ALMA

 

            Então, vamos começar pensando em Filipenses 4: 8:

Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso que ocupe o vosso pensamento.

 

Aqui está o meu primeiro ponto:

1. PENSE POSITIVAMENTE (versículo 8)

            Esse é o ponto do versículo 8: pense no que é bom. Paulo primeiro lista seis qualidades, todas as quais representam coisas boas. Isso pode ser encontrado nas pessoas e no que Deus fez por meio delas. Elas podem ser encontrados em Deus e no que Ele fez. E então, ele diz, "pense nessas coisas".

            Não precisamos aqui apresentar uma definição exaustiva do que cada virtude no versículo 8 significa, mas entender que cada uma produz a outra. Ou seja, VERDADE produz HONRA; HONRA produz JUSTIÇA; JUSTIÇA produz o que é PURO; PUREZA produz o que é AMÁVEL; o que é AMÁVEL produz BOA FAMA!

            Aqui está uma lista completa de seis coisas. Elas descrevem o bem desta vida. Elas falam da bondade de Deus. E então, Paulo diz no final do versículo, “pense nestas coisas”. Coloque-as em sua mente e pense sobre elas. Medite nelas.

            Que palavra oportuna para nós, que vivemos na "era da informação". Temos mais exposição às coisas que podem vir à nossa mente do que qualquer pessoa que já viveu antes! Pense nisso. Por milhares de anos, os únicos livros que as pessoas leram foram aqueles escritos para elas à mão, até o surgimento da imprensa em 1400. Por mais 450 anos, a única voz que as pessoas ouviram foi a voz de alguém falando diretamente com elas, cara a cara, até que o telefone apareceu no final dos anos 1800. Não foi até a década de 1920, que as pessoas puderam ouvir o ruído de fundo de outras pessoas falando ou fazendo música, quando o rádio começou a ser usado publicamente. Não foi até a década de 1940 que a televisão começou a fazer incursões em casa. A internet, que existe há apenas 25 anos, realmente trouxe a mídia para nossas casas e nossas vidas. Os telefones celulares, como os conhecemos, existem há apenas 20 anos. E o smartphone, que fundiu o computador, o telefone e a Internet em um dispositivo móvel, existe há menos de 10 anos.

            Toda essa tecnologia e todo esse acesso à mídia clama por nossa atenção. E como é fácil pensar nessas coisas. Como é fácil desperdiçar nosso tempo lendo atualizações de status de todos os seus amigos no Facebook ou Instagram; ver fotos dos vários eventos de formatura deste mês; ver fotos de crianças adoráveis ​​dormindo nas posições mais estranhas; vendo fotos antigas dos besouros; ver uma série de fotos de família estranhas; ler um gráfico informativo sobre as línguas faladas em nosso país; ler um artigo sobre os problemas com nosso sistema ou com o COVID. Você pode passar seu tempo assistindo a filmes de 3 a 5 minutos de fotos incríveis de futebol, ou cachorrinhos adoráveis, ou uma tempestade que se aproxima, ou uma pegadinha que deu errado, ou uma surpresa de aniversário, ou um caminhão que quase explode na rodovia, ou um homem catando cera de ouvido, ou um elefante bebê sendo arrastado rio abaixo, ou um cachorro em uma pista de boliche, ou a forma como os filmes deveriam ter terminado, ou como uma pedra espirra água em câmera lenta, ou sobre a guerra no Afeganistão.

            Você pode ceder à "isca de link" que vemos em toda a internet. Quando você vê um vídeo com um pequeno título dizendo: "Você nunca vai adivinhar o que acontece a seguir!" Ou "Isso vai tornar o seu dia incrível". Ou, "Ouça o discurso de formatura deste homem!"

            Eu acho que você sabe o que quero dizer. Agora, isso não é para descartar as muitas coisas boas que a mídia pode trazer para nós. Nunca antes pudemos nos conectar com outras pessoas com tanta rapidez e facilidade, mesmo na estrada, onde quer que estejamos. Uma mensagem em massa pode comunicar facilmente a todos na igreja. Não precisamos mais perder tempo recebendo instruções das pessoas, quando estivermos perdidos, porque agora temos o Google Maps. Não precisamos mais nos perguntar se alguém virá para a reunião, porque eles podem registrar presenças por um aplicativo ou enviar uma mensagem e dizer que estão atrasados ​​e quanto devemos esperar.

            Mas, eu apenas digo isso: existe um perigo em todos esses meios de comunicação. Existe o perigo de nossas mentes serem tão distraídas por tudo ao nosso redor que deixamos de focalizar nossa atenção em "tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honrado, tudo o que é certo, tudo o que é puro, tudo o que é adorável, tudo o que é de boa reputação, se houver excelência e se houver alguma coisa digna de louvor, medite nestas coisas ”(Fl 4: 8).

            Paulo lamentou que algumas pessoas "se preocupam com as coisas terrenas" (3:19). Ele os chamou de "inimigos da cruz de Cristo" (3:18). E muito de nossa mídia pode nos levar a pensar apenas nas coisas terrenas.

            Não vou dizer para você abandonar a mídia. Na verdade, eu diria exatamente o contrário. Nunca antes na história do mundo pudemos nos cercar de mídias que valham a pena e sejam excelentes. Hoje, com milhões de sermões disponíveis para baixarmos, podemos ouvir os pregadores mais talentosos do planeta. Podemos assistir muitos deles no YouTube. Podemos participar de um seminário online. Podemos ler gratuitamente qualquer uma das centenas de milhares dos melhores livros publicados ao longo da história da igreja cristã!

            Mas, é uma questão de escolha. É uma questão de usar tecnologia, não abusar de tecnologia. Porque, por mais boa e útil que seja a Internet, ela também pode ser perversa. Muito perversa. Acho que todos vocês sabem do que estou falando. Existem fotos, imagens e filmes na Internet que nunca deveriam entrar em sua mente. E é tudo tão fácil, apenas um clique de distância.

            Talvez o melhor guia para o seu consumo de mídia seja este: É verdade? Isso é honrado? Está certo? É puro? É adorável? É de boa reputação? Tem excelência? É digno de elogio? Então, por todos os meios, leia-o, veja-o e use-o. Use-o para dirigir sua atenção ao Senhor. Mas, se não são essas coisas, fique longe. Para aqueles que estão envolvidos  como os males da internet, eu os convido ao arrependimento! Você sabe que é ruim. Você sabe que isso é mau. Isso vem com consequências. Então, afaste-se de sua maldade. E busque o Senhor.

            Então, pense em Jesus. Pense em coisas boas.

            Provérbios 4:23, "Sobretudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida"

            A palavra hebraica traduzida como "guardar", mais especificamente significa proteger ou governar. Se o sentido é proteger, trata-se de vigiar contra o inimigo, para que nada de mal influencie a integridade do coração. Se o sentido é governar, trata-se de vigiar como refreando um prisioneiro, para que nada de ruim saia do coração.

            Jeremias 17: 9 diz: “Enganoso é o coração acima de todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o pode entender?”

            É por isso que oramos como Davi no Salmo 139: 23-24 "Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração! Experimenta-me e conhece os meus pensamentos! E vê se há algum caminho doloroso em mim e conduza-me no caminho eterno!"

            Amo a imagem que Paulo usa em 2 Coríntios 10: 5, sobre "levar cativo todo pensamento à obediência de Cristo". Ele está descrevendo nossos pensamentos como um criminoso errante que deve ser apreendido e jogado na prisão. Não deixamos nossos pensamentos vagarem pelas ruas sem restrições, porque conhecemos a maldade de nossos corações. Nós sabemos onde nossos corações irão por conta própria. Então, nós os levamos cativos e os colocamos em conformidade com Cristo!

            A segunda lição que devemos aprender neste texto está no versículo 9:

2) PRECISAMOS PRATICAR O QUE APRENDEMOS SOBRE O CONTROLE DA MENTE

            No versículo 9 Paulo nos exorta a praticar a tudo o que aprendemos através do seu ensino e testemunho.

            Você pode aprender algo, mas pode não colocar em prática ou pode não aceitar este conhecimento!

            Então, de nada adiantará sabermos que devemos pensar em coisas boas, se não praticarmos isto. Vejamos algumas orientações bem práticas:

            a) Inicie o dia bem cedo buscando ao Senhor: Esta é uma orientação que parece um tanto óbvia para cristãos experientes, contudo, é uma das mais desprezadas pela igreja. São raros aqueles cristãos que tem o seu momento devocional como prioridade para iniciar o seu dia. Geralmente, acordamos cedo contra a nossa vontade e logo queremos checar as mensagens de whatsapp e redes sociais, antes de qualquer coisa. O resultado? Nossos corações já se enchem com informações contagiosas logo pela manhã e perdemos um tempo precioso para enchê-los com as virtudes que Filipenses 4.8 nos diz.

            b) Memorize a Palavra de Deus: Este é um precioso exercício para manter sua mente focada.

Sem a Escritura em sua mente, é impossível pensar constantemente no que é bom. Você pode pensar que, por não ter um monte de versículos bíblicos memorizados, você não pode fazer isso. Mesmo se você não tivesse nenhum versículo da Bíblia memorizado antes de hoje, você poderia fazer de Filipenses 4: 8 o seu primeiro versículo, no qual você medita o dia todo. E assim, crie o hábito de memorizar um versículo por dia.

            c) Selecione cuidadosamente o que você assiste, ouve ou acessa na internet (inputs): Já aprendemos que o filme que você assiste, a música que ouve ou a página que acessa terão grande influência sobre a sua mente. Ela poderá ser até objeto de controle de pessoas maliciosas, se você não tomar cuidado. Então, tenha coragem e delete tudo o que não diz respeito a Filipenses 4.8 da sua vida e da vida da sua família!

            d) Selecione suas amizades: Más amizades corrompem os bons costumes. Então por que andar com elas? Escolha bem os seus amigos, inclusive os virtuais e você verá que sua mente ficará muito mais livre de pensamentos malignos!

            e) Ocupe sua mente positivamente nas horas vagas: Já dizia o antigo ditado: “Mente vazia é oficina do Diabo!”. Quando não tiver nada para fazer, leia a bíblia, um livro edificante, assista a uma palestra, aperfeiçoe uma habilidade, faça uma atividade física, mas não dê brecha para o inimigo trabalhar a sua mente!

 

CONCLUSÃO

 

      Hoje encerramos esta série de exposições aprendendo a controlar a mente com Filipenses 4.8-9. Aprendemos duas lições maravilhosas:

  1. PRECISAMOS PENSAR POSITIVAMENTE

  2. PRECISAMOS PRATICAR O QUE APRENDEMOS

 

            Que o Senhor nos ajude a ter a disciplina correta para pôr em prática tudo o que aprendemos e ter a nossa alma saudável e preservada de todo o mal que nos cerca!

Pedidos de Oração

​​​

Pelo fim da pandemia.

Pela chegada do Rev. Renato e Juliana.

Pelo Conselho.

Pela Junta Diaconal.

Pelos Ministérios da Igreja.

Pelos enfermos.

Pelos desempregados.

Pelas Missões.

Pela cidade de Macaé.

Pelo Estado do Rio.

Pelo Brasil.

Pelos afastados do Evangelho.

Pelos novos crentes.

Pelos perdidos.

Renião de Oração

Toda Sexta-feira, 6:00 h

Responsáveis:

Presb. Anderson

Cláudia

Lucília

04/11 Luis Henrique Fanti

05/11 Anayansi Gonzales

09/11 Saulo Soares Armond

13/11 Maria da Graça Almeida Costa

13/11 Gabriel de Assis Furtado

18/11 Mayla da Cruz Reis

19/11 Eduardo Mendes de Oliveira Cruz

19/11 Lidiane Oliveira Fonseca Coutinho

21/11 Isabele Mendes de Oliveira Cruz

26/11 Flede Barcelos da Costa

O pastor está atendendo no gabinete pastoral na Sede Administrativa e também está disponível para aconselhamentos e reuniões em geral pelo telefone e internet.

Se você tem alguma necessidade específica procure o pastor da igreja para ser atendido adequadamente. Você pode fazer isto pessoalmente ou através do telefone: (22) 98142-4006.

Por enquanto, as visitações nos lares estão suspensas, por conta da pandemia. Entre em contato e seja pastoreado amorosamente!

Clique no título para conhecer a agenda pastoral.

Toda nossa programação, escala da equipe pastoral, novos eventos você encontrará no Menu > Agenda e Eventos.

Ao selecionar um evento, você verá na descrição as informações referentes.

Experimente agora! Clique no botão acima.

Dados Bancários :

Quarta Igreja Presbiteriana de Macaé.

CNPJ: 16.701.498/0001-50. 

Banco Itaú (341).

Agência: 0941.

Conta-Corrente: 19.643-8.

Chave PIX: 16701498000150

Envio de comprovantes ou assuntos administrativos, entre em contato.