Boletim nº 59 - 21 de Novembro de 2021

A RELIGIÃO DE JESUS CRISTO
MATEUS 9.35-38

por Rev. Renato Souza Prates

pexels-ivan-samkov-8958078.jpg

INTRODUÇÃO:

            Qual é a verdadeira religião?

            A religião deveria “religar” as pessoas a Deus, mas por conta de tentar responder a esta pergunta, acabou se desfragmentando em: cristianismo, islamismo, budismo, hinduísmo, espiritismo, afro-brasileiras, e muitas outras pelo mundo a fora. Já não sabemos nem quantas existem mais.

            Quando pensamos em religião, existe um nome que não sai de nossas cabeças: JESUS!

            Mas será que Jesus professou alguma religião? Será que ele ensinou a respeito de alguma? Qual era a religião de Jesus?

 

EXPLICAÇÃO:

· O texto de Mateus 9.35-38 revela alguns detalhes preciosos a respeito deste tema.

· O texto sintetiza a prática religiosa de Jesus em todas as cidades e povoados da Judeia, para quem o Mestre olhava com intensa compaixão: “Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam aflitas e exaustas como ovelhas que não tem pastor.” (v.36).

· Jesus, no entanto, nunca quis trabalhar sozinho em sua missão religiosa; mas ele convidou seus discípulos a serem pescadores de homens, e agora os incita a orar para que o Senhor enviasse trabalhadores para a sua obra, pois esta era grande e fecunda (vv. 37-38).

TRANSIÇÃO: É a partir deste texto, que eu gostaria de meditar com vocês, sobre:

 

A RELIGIÃO DE JESUS

1.     A RELIGIÃO DE JESUS NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS

· O versículo 35 diz que Jesus percorria todas as cidades e povoados, para anunciar sua religião.

· A religião de Jesus é oferecida a todos: ricos, pobres, brancos, negros, grandes, pequenos, adultos, jovens, crianças, enfermos e a todo tipo de pecadores.

· Ele mesmo disse: “Os que estão com saúde não precisam de médico, e sim os doentes; não vim chamar justos, e sim pecadores”. (Mt 9.12)

· Sabe-se que os Judeus não se comunicavam com os samaritanos, por causa de diferenças religiosas, mas Jesus despedaçou esta parede preconceituosa, e anunciou o Evangelho à mulher samaritana, como se vê em João 4.

· Sabe-se que os leprosos eram afastados do convívio popular, por motivo de que a lepra era incurável; contudo, Jesus se aproximou deles e os curou.

· Sabe-se que, se uma mulher fosse apanhada em adultério, nos tempos bíblicos, ela seria apedrejada até a morte. Contudo, Jesus pregou a prostitutas e adúlteras, e as salvou dos seus pecados.

· Nos tempos de Jesus, a religião hipócrita dos fariseus dizia que se um homem se assentasse para comer com pecadores, ele se tornaria impuro. Mas, Jesus se sentou à mesa de Zaqueu, um homem corrupto, e mudou a sua vida para sempre.

· Ainda hoje existem muitos preconceitos a serem quebrados; muita hipocrisia religiosa a ser vencida, e muitos enfermos que necessitam ser curados.

· Estes enfermos estão em todos os lugares, inclusive dentro da igreja. Portanto, se você de fato desejar pertencer a religião de Jesus, você precisa ser um instrumento dEle para salvar vidas.

· Será que você meu irmão pode dizer que já levou alguém a Cristo durante sua caminhada cristã?

JESUS CONTINUA A OFERECER SUA RELIGIÃO A TODOS, SEM DISTINÇÃO e nós devemos fazer o mesmo!

 

2.     A RELIGIÃO DE JESUS TRAZ CONSIGO UM NOVO ENSINO

· Jesus foi o maior pedagogo de todos os tempos. Maior que Piaget e Paulo Freire.

· Sua religião, era religião do ensino. Mas o que a religião de Jesus ensinava?

· A religião de Jesus ensinava as Escrituras. Vejamos alguns exemplos:

1) O texto diz que Jesus ensinava o Evangelho do Reino. Este Evangelho consistia na pregação das Escrituras Sagradas.

2) Quando Jesus ensinou pela primeira vez, numa sinagoga de Nazaré, ele o fez através das Escrituras, no livro do Profeta Isaías, cap.61.

3) Quando Jesus proferiu seu belo SERMÃO DO MONTE, ele o fez todo fundamentado nas Escrituras Sagradas. Mateus 5.1-12.

            A religião de Jesus nos ensinou a sermos melhores seres humanos. Transformados para transformar realidades caóticas, através do ensino da Palavra de Deus, e nos salvou para sempre!

 

3.     A RELIGIÃO DE JESUS É A RELIGIÃO DA MISERICÓRDIA

            O versículo 36 diz que Jesus se compadecia das multidões, porque estavam como ovelhas sem pastor. O que isto significa?

· Significa que aquelas multidões estavam desorientadas e sofridas, inclusive por pertencerem a uma religião que as escravizava, em vez de libertá-las. Jesus as enxergou com misericórdia. Ele conseguiu ver o que nenhum líder religioso de seu tempo conseguiu ver: Ele viu o coração do povo, pelos olhos da misericórdia. A religião de Jesus é a religião da misericórdia.

· O profeta Isaías exorta-nos a viver uma religião de misericórdia, ao invés de uma religião hipócrita: Is 58.1-11.

· Tiago, discípulo de Jesus, expressa o ensino de uma religião que se preocupa com o outro, quando declara no capítulo 1, versículo 27, da sua Epístola que, a religião pura e sem mácula é visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações.

· Pessoas sofredoras não pertencem apenas a uma classe social, elas pertencem a todas elas. Há pessoas que mesmo tendo muito dinheiro e poder, estão completamente perdidas religiosamente, precisando de Cristo. Obviamente, que o mesmo acontece com o pobre, que precisa de Deus!

· Penso que nossa igreja precisa desenvolver um projeto social sim, mas ao mesmo tempo, não deve se esquecer das outras classes sociais.

· Esta foi a principal heresia pregada pela Teologia da Libertação que surgiu na América Latina na década de 60: a opção somente pelos pobres e desfavorecidos da sociedade, quando na verdade Jesus veio para todos!

 

4.     A RELIGIÃO DE JESUS REQUER TRABALHADORES VOCACIONADOS POR DEUS

            A religião de Cristo não é passiva ou uma religião onde apenas somos servidos com bênçãos ou satisfeitos em nossas necessidades. Não é uma religião do consumismo religioso. Este é o problema de muitas pessoas que passam a frequentar a igreja, mas não desejam contribuir com ela.

            O versículo 37 diz que a Colheita do Senhor é grande, mas faltam trabalhadores para ela.

            O versículo 38 diz que devemos orar para que o Senhor envie trabalhadores para sua obra!

            Então, se você pensava que participar da Igreja de Cristo seria apenas ficar sentado numa cadeira como esta e assistir ao culto, lamento informar que você estava enganado ou te enganaram. A religião de Jesus é a religião do trabalho e muito trabalho!

            Nosso trabalho como conselho da igreja é sempre te motivar a desenvolver seus dons e ministérios para a glória de Deus. Numa igreja pequena como a nossa, existem vagas em quase todos os ministérios da igreja e a obra do Senhor conta com você! Você pode nos procurar para apresentar seu currículo, ou então, podemos ir atrás de você!

CONCLUSÃO

            A religião que Jesus nos ensinou é oferecida a todos sem distinção social, econômica, racial e religiosa.

            A religião que Jesus nos ensinou traz um novo ensino, que transforma a realidade caótica humana, numa realidade de paz, amor e salvação eterna.

            A religião que Jesus nos ensinou é a religião da misericórdia, em vez de uma religião meramente ritual, seletiva e fechada em si mesma. A religião da misericórdia é a religião de vida de Deus, anunciada não só através de discursos dominicais, mas também através da ação em prol dos aflitos, necessitados e perdidos.

            Por fim, a religião de Jesus é a religião do trabalho. Se envolva com ela! Contribua com ela! Se entregue por ela!

 

ESTA É A VERDADEIRA RELIGIÃO!

Pedidos de Oração

​​​

Pelo fim da pandemia.

Pela chegada do Rev. Renato e Juliana.

Pelo Conselho.

Pela Junta Diaconal.

Pelos Ministérios da Igreja.

Pelos enfermos.

Pelos desempregados.

Pelas Missões.

Pela cidade de Macaé.

Pelo Estado do Rio.

Pelo Brasil.

Pelos afastados do Evangelho.

Pelos novos crentes.

Pelos perdidos.

Renião de Oração

Toda Sexta-feira, 6:00 h

Responsáveis:

Presb. Anderson

Cláudia

Lucília

04/11 Luis Henrique Fanti

05/11 Anayansi Gonzales

09/11 Saulo Soares Armond

13/11 Maria da Graça Almeida Costa

13/11 Gabriel de Assis Furtado

18/11 Mayla da Cruz Reis

19/11 Eduardo Mendes de Oliveira Cruz

19/11 Lidiane Oliveira Fonseca Coutinho

21/11 Isabele Mendes de Oliveira Cruz

26/11 Flede Barcelos da Costa

O pastor está atendendo no gabinete pastoral na Sede Administrativa e também está disponível para aconselhamentos e reuniões em geral pelo telefone e internet.

Se você tem alguma necessidade específica procure o pastor da igreja para ser atendido adequadamente. Você pode fazer isto pessoalmente ou através do telefone: (22) 98142-4006.

Por enquanto, as visitações nos lares estão suspensas, por conta da pandemia. Entre em contato e seja pastoreado amorosamente!

Clique no título para conhecer a agenda pastoral.

Toda nossa programação, escala da equipe pastoral, novos eventos você encontrará no Menu > Agenda e Eventos.

Ao selecionar um evento, você verá na descrição as informações referentes.

Experimente agora! Clique no botão acima.

Dados Bancários :

Quarta Igreja Presbiteriana de Macaé.

CNPJ: 16.701.498/0001-50. 

Banco Itaú (341).

Agência: 0941.

Conta-Corrente: 19.643-8.

Chave PIX: 16701498000150

Envio de comprovantes ou assuntos administrativos, entre em contato.